Centro Universitário FAG

NAP realiza curso de Aperfeiçoamento em Produção de Suínos

"O curso ofertado pela FAG se apresenta como uma ferramenta completa para profissionais e futuros profissionais do segmento".

14/10/2020


O NAP (Núcleo de Aperfeiçoamento Profissional) do Centro Universitário FAG realizou o curso de Produção de Suínos. A zootécnica Jamile Maria de Oliveira, que é mestre em Ciências do Alimento e trabalha com nutrição animal esteve à frente das atividades. "Acredito que o bom desempenho dos animais, ou seja, uma boa produção suinícola seja resultado de uma boa nutrição, de manejos adequados, uma boa sanidade e dos avanços da genética, por isso o curso ofertado pela FAG se apresenta como uma ferramenta completa para profissionais e futuros profissionais do segmento", explica. Ela afirma que prioritariamente, conhecer o animal, a fisiologia, comportamento e susceptibilidade à doenças seja o diferencial para tomada de decisão em qualquer atividade que envolve todo o processo de produção. 

A área não para. A evolução de processos, técnicas e principalmente os avanços genéticos exigem dos profissionais constante atualização. "Passamos de um animal 'tipo banha' para um animal 'tipo carne'. Isso significa que é preciso atualizar os requerimentos nutricionais dos animais, reavaliar manejos adotados, espaço de instalações e as medidas de profilaxia aplicada. Este aperfeiçoamento, em específico, traz informações atualizadas, aplicadas ao suíno moderno: à fêmea hiper prolífera, ao suíno desmamado precoce e ao animal com uma ótima conversão alimentar para a deposição de carne", contextualiza.

Segundo Jamile, a carne suína é a mais consumida no mundo e a terceira mais consumida no Brasil, a média por habitante é de 15 quilos por ano. "O Brasil é o quarto maior produtor de carne suína, o que o coloca em destaque. Do total produzido, aproximadamente 20% é destinado a exportação", diz. "Neste ano, já tivemos um crescimento na produção de suínos de mais de 3%, segundo dados da ABPA [Associação Brasileira de Proteína Animal], reflexo da peste suína da China. As perspectivas para este ano e para o próximo são positivas para o setor', completa. A zootécnica coloca que cerca de 70% dos custos de produção são em decorrência à alimentação, deste modo para produzir, atender aos mercados internos e externos e obter lucro é importante reduzir custos. "Mas devendo levar sempre em consideração e como prioridade a saúde do animal, do homem e o meio ambiente. A economia pode ser obtida uma vez que se esteja atento às tecnologias disponíveis". 

No curso do NAP, o módulo de Nutrição é iniciado fazendo uma revisão da fisiologia do suíno, desde o nascimento até quando se torna um animal adulto. Em seguida, ocorre os processos fisiológicos de digestão e absorção do alimento. "Passamos pelo estudo das matérias primas: avaliando seus valores nutricionais e quais análises podem ser realizadas para mensurar a qualidade das mesmas. Vimos os fatores antinutricionais (FAN) das matérias primas e quais ferramentas podem ser adotadas para amenizar ou reverter os FANs". No tópico de Processamento de Rações, relacionados aos pontos críticos de controle de um processo de fabricação de ração, foi avaliado granulometria e processos de peletização, ambos importantes para obter um bom aproveitamento do alimento e alcançar um melhor desempenho dos animais.

"Vimos princípios básicos de formulação e em seguida Nutrição Aplicada aos leitões, aos animais em crescimento e terminação e aos animais de reposição e reprodutores. Sobre Nutrição estudamos os principais aditivos utilizados em cada fase e ferramentas para aumentar consumo, reduzir estresse e aumentar produtividade", conta. Jamile lembra que o módulo de Nutrição contemplou o tema: aditivos substitutos aos promotores de crescimento, que é alvo de inúmeras palestras globalmente, em razão das recentes restrições de uso de determinados produtos na produção de suínos. "Este tema expõe ao aluno os principais aditivos utilizados e seus mecanismos de ação". O curso ainda abordou o tema de Legislações do setor e o papel do médico veterinário nas produções de rações medicadas, conforme explicou a zootécnica.


NAP: Constante Atualização

Fique ligado no site e não perca a chance de fazer um curso na sua área e se manter em constante atualização. O mercado está cada vez mais exigente e o aperfeiçoamento é necessário para se diferenciar. A Coordenação de Pós-Graduação e o NAP estão à disposição pelos telefones: (45) 3321-3964 e (45) 3321-3756, WhatsApp: (45) 98426-8380, também pelo e-mail: [email protected] e pessoalmente no térreo do Bloco 4, da FAG Cascavel. Tenha acesso aos cursos e matrículas clicando aqui.

Reportagem Silvio Matos, acadêmico do 8º período de Jornalismo.


1603488397.jpeg
Acadêmica de Medicina publica artigo em revista científica conceituada
23

2020 Cascavel
1603487432.jpg
Curso de Psicologia oferece terapia online em grupo para os acadêmicos do Centro FAG
23

2020 Cascavel
1603477217.png
NAP oferece o curso de Importação Eletrônica na Prática
23

2020 Cascavel
1603405547.jpg
Enade: Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia e Nutrição conquistam nota 4
22

2020 Cascavel
1603403420.jpeg
ECCI: Eduardo Bueno reflete sobre a construção do amanhã com base na história
22

2020 Cascavel
1603387168.jpeg
FAG Toledo: Agronegócio recebe nova 5 no ENADE
22

2020 Toledo
1603387080.jpg
FAG Toledo: Vídeos do Encitec devem ser acessados via Youtube
22

2020 Toledo
1603309785.jpeg
Enfermagem: NAP oferta aperfeiçoamento em Curativos Especiais
21

2020 Cascavel
1603310585.jpeg
Docente e acadêmica de Psicologia participam de encontro online com professores do Colégio Interlagos
21

2020 Cascavel
1603305653.jpg
Acadêmico de Ciências Contábeis é ganhador do Trote Solidário da FAG Toledo
21

2020 Toledo
1603304717.jpg
Vestibular FAG 2021: Fotografia é conceito 5 na avaliação do MEC
21

2020 Cascavel
1603303330.jpeg
Uso de tecnologias na educação vai nortear debates no Encitec da FAG Toledo
21

2020 Toledo