Centro Universitário FAG

Arquitetura continua em festa! Mais uma egressa se torna mestre

Sandra Magda Mattei Cardoso, graduada em 2012 e pós-graduada em 2013 pela FAG, acaba de receber o título dentro da esfera das Ciências Ambientais

10/06/2021


O curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário FAG comemora mais um título conquistado por uma egressa da graduação. Sandra Magda Mattei Cardoso, formada em 2012, acabou de se tornar mestre por meio do programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Unioeste (Universidade Estadual do Oeste do Paraná) campus Toledo.

A arquiteta, além de graduada pela FAG, também se formou na Instituição na Pós em Docência no Ensino Superior, em 2013. Sandra explica que chegou até esse mestrado por meio da indicação de colegas e que o processo de seleção foi por meio da análise do currículo Lattes e de prova escrita referente a textos respectivos ao programa.

A área de estudos da profissional seguiu a linha de Tecnologias Aplicadas ao Meio Ambiente. O título da dissertação foi: "Avaliação do funcionamento de um sistema de biorretenção através  da fitorremediação para jardins de chuva em áreas urbanas". "O fio condutor para a pesquisa são os problemas dos alagamentos e inundações em áreas urbanas. A pesquisa aborda uma técnica de biorretenção através da fitorremediação para jardins de chuva em áreas urbanas, onde visa minimizar os efeitos negativos causados pelos alagamentos e inundações, bem como no uso de plantas para ajudar a diminuir a poluição de metais pesados no solo e água", diz.

Segundo Sandra, algumas alternativas são chamadas de técnicas compensatórias em drenagem urbana, que fazem referência ao armazenamento temporário e à infiltração das águas pluviais. "Essas práticas são aliadas ao paisagismo onde o jardim de chuva pode ser inserido facilmente, no meio urbano tanto nos espaços livre públicos como os passeios, praças e calçadões, como nos espaços privados das residências e edifícios integrando o construído com a natureza", comenta. 

A fitorremediação se deu através da planta Alocasia Macrorhiza, popular Orelha-de-elefante, onde foi feita a análise em laboratório da água in natura e da água percolada em um protótipo que simulou a precipitação pluviométrica. "Os resultados obtidos foram bastante positivos e vão além da pesquisa, pois é uma relação de conduta para as cidades", afirma. A arquiteta conta que os resultados analisados para a absorção dos metais Ferro (Fe) e Zinco (Z), apresentaram uma redução acima de 90%. 

"Com esses resultados a Alocasia Macrorhiza, se torna um coadjuvante nesse sistema de biorretenção através da fitorremediação, contribuindo assim para descontaminação ambiental, também se apresenta de baixo custo e com viabilidade para ser implantado no meio urbano", explica Sandra. "Este estudo contribui para o desenvolvimento de técnicas e alternativas que auxiliem no manejo das águas pluviais urbanas de maneira eficiente e sustentável, o que é essencial para a melhoria da qualidade urbana ambiental das cidades e da vida da população".

"Sempre tive muito apoio dos professores na graduação"

Sandra coloca que seu foco na vida acadêmica é a docência. "Quando era estudante tive professores que me mostraram caminhos. Eu também, depois de formada, ministrei aulas no curso de Arquitetura e Urbanismo da FAG de 2013 a 2019. Sou encantada pela docência, a qual me motiva ao aperfeiçoamento", diz.

"Sempre tive muito apoio dos professores, enquanto aluna, para fazer projetos de extensão e artigos. Depois, enquanto docente, ministrei a disciplina de Paisagismo que me aproximou ainda mais da pesquisa nesta área do mestrado. Nas orientações dos alunos de TCCs quase sempre foi em paisagismo, nisso fui observando a relação de áreas degradadas e regeneradas através das espécies vegetais", relembra. 

A coordenadora de Arquitetura da FAG, professora Solange Smolarek, não esconde a alegria em ver os ex-alunos trilhando caminhos de sucesso. "Estamos felizes pela brilhante conquista da Sandra e que, com mais essa conquista, o CAUFAG se consagra como celeiro de excelentes profissionais e pesquisadores na região".

1624053459.jpeg
Já pensou Cascavel ter um Mercado Público? Arquitetura FAG sim!
18
Junho
2021 Cascavel
1624051037.jpg
Pedagogia realiza Seminário de Produção Científica
18
Junho
2021 Cascavel
1624050021.jpeg
Artigo científico elaborado para TCC do curso de Farmácia é publicado em revista internacional
18
Junho
2021 Cascavel
1624039828.jpg
Centro FAG firma convênio com AMAPAR e APMP
18
Junho
2021 Cascavel
1624035659.jpg
FAG Toledo oferta curso rápido de Planejamento, Programação e Controle da Produção
18
Junho
2021 Toledo
1624032890.jpeg
Professor da FAG Toledo lança livro sobre a colonização no Noroeste do Paraná
18
Junho
2021 Toledo
1623965425.jpeg
Nutrição promove Seminário de Gastronomia
17
Junho
2021 Cascavel
1623965237.jpg
Arquitetura FAG apresenta projetos para a Polícia Civil do Paraná
17
Junho
2021 Cascavel
1623962957.jpg
Comunicação Pessoal e Profissional na Era Digital
17
Junho
2021 Cascavel
1623891493.jpg
Educação Física promove 24ª edição do GinasFAG
16
Junho
2021 Cascavel
1623877290.jpeg
Alunos defendem práticas fonoaudiológicas em banca
16
Junho
2021 Cascavel
WhatsApp Image 2021-06-16 at 16.40.17.jpeg
Curso rápido de Urgências e Emergências Clínicas
16
Junho
2021 Cascavel

Este site coleta dados para melhorar a sua experiência com os nossos serviços. Assim, para que fique ciente de todas as informações que coletamos e para quais finalidades, sugerimos que conheça a nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE. Ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.

OK