Dia Nacional do Surdo: conheça histórias de acadêmicos que são destaque no curso de Administração

João Pedro, Heric e Pedro estão no último período da graduação e relatam experiências de inclusão dentro e fora da sala de aula

26/09/2023


Hoje (26), é celebrado o Dia Nacional do Surdo. O propósito desta data é dar visibilidade às pessoas surdas e promover reflexões sobre a importância da inclusão e integração da comunidade surda.

Instituída em 2008, a data foi escolhida em homenagem à fundação da primeira escola para surdos do Brasil, o INES (Instituto Nacional de Educação para Surdos). Seis anos depois, em 2014, a Libras (Língua Brasileira de Sinais) foi reconhecida como meio legal de comunicação e expressão no país.

"O objetivo principal da data é evidenciar o debate sobre a inclusão, como um princípio fundamental dos direitos humanos, com foco para a eliminação de barreiras e para a promoção da participação plena da pessoa surda na vida social, econômica e cultural do país. Promover o acesso a oportunidades educacionais é um compromisso necessário para uma sociedade mais justa e inclusiva", enfatiza Patricia Radaelli, coordenadora do NAAE (Núcleo de Atendimento e Apoio ao Estudante) do Centro Universitário FAG.

Inclusão no Ensino Superior

No Centro FAG, os acadêmicos surdos desfrutam de um ambiente acolhedor e inclusivo. Além de receberem acompanhamento dos intérpretes de Libras, os professores, em parceria com o NAAE, desenvolvem metodologias voltadas para cada aluno, de forma a possibilitar a compreensão dos conteúdos e a participação dos estudantes nas dinâmicas, trabalhos em grupo e aulas práticas. 

Esse acolhimento e acompanhamento contínuo dos discentes surdos permite que os acadêmicos demonstrem todo o seu potencial. É o caso dos alunos João Pedro Bertoncello, Heric Flávio Rodrigues Vitorino e Pedro Cesar Szatkoski, que estão no último período do curso de Administração e são destaques na turma. 

"Escolhi o curso porque desde pequeno eu via meu pai trabalhando na gestão de um restaurante e sempre me identifiquei muito. O que me fez escolher a Instituição foi a estrutura, que chamou minha atenção desde o início", conta João Pedro.

Para o acadêmico Pedro, a escolha do curso ocorreu durante o Ensino Médio. "Eu gostava muito de Matemática, comecei a pesquisar cursos que envolviam essa área e me identifiquei com Administração. Escolhi estudar aqui, por conta da FAG ser referência no mercado e possuir intérprete de Libras", elucida. 

Heric também decidiu seguir na área da Administração pela afinidade com a Matemática. "Quando fiz vestibular, escolhi cursar aqui por conta da acessibilidade a um intérprete de Libras, o que faz toda a diferença", explica.

Summit: Projetos inovadores

A paixão pela Administração e o bom relacionamento com os professores e alunos, dentro e fora da sala de aula, possibilitaram o desenvolvimento de projetos inovadores. Em 2021, os estudantes participaram do Summit, orientados pelo professor Eudiman Heringer, coordenador do curso de Administração, e conquistaram o 2º lugar na premiação com a startup que criaram juntos: a Contato Libras. 

Para João Pedro, essa foi a experiência mais marcante da faculdade. "Toda a minha trajetória na graduação foi excelente, principalmente com os intérpretes que nos acompanharam, e o Summit foi um momento muito especial, porque conseguimos desenvolver nossa empresa e ganhar o 2º lugar na premiação", relata.  

"Aqui, existe inclusão de fato. Há adaptação de materiais, comunicaçã, esforço por parte de todos. Me sinto valorizado enquanto pessoa surda. Sempre fomos muito estimulados, porque a FAG tem essa visão inclusiva, e somos muito gratos por isso", diz Heric. 

O professor Eudiman conta que seu primeiro contato com os três alunos ocorreu por meio do elogio de um dos professores do curso, quando os acadêmicos ainda estavam no 2º período. "Tive um contato maior com os meninos na 2ª edição do Summit, em 2021, quando criamos a Contato Libras e ficamos na 2ª colocação. Já em 2022, eles conquistaram o 4º lugar", relata. 

"Nós criamos um projeto de empresa de acessibilidade, uma central de intérpretes, porque dentro da sociedade há muitas barreiras e limitações nas relações entre pessoas surdas e ouvintes. Nossa perspectiva é melhorar esse contexto social", explica João Pedro. 

Após o Summit, os acadêmicos continuam desenvolvendo a empresa. "Nesse último período, tivemos a oportunidade de não fazer o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) convencional e dar continuidade ao nosso projeto por meio da Startup Garage, onde vamos receber assessoria dos professores para fazer nossa empresa crescer. Vamos usar a Contato Libras porque sabemos que essa acessibilidade comunicacional vai fazer muita diferença para a comunidade surda", relata João Pedro.

Intérprete de Libras: sinais que acolhem

Os acadêmicos evidenciam a importância dos intérpretes de Libras no ambiente acadêmico. "Se não houvesse intérpretes nas universidades, provavelmente não haveria surdos na academia. São esses profissionais que nos permitem ter um aprendizado adequado e equilibrar as salas de aula entre surdos e ouvintes", relatam. 

Vitória Almeida Romani e Rennan Messias são intérpretes de Libras e acompanham João Pedro, Heric e Pedro na rotina acadêmica e evidenciam o acolhimento por parte da Instituição e dos demais alunos. "Os acadêmicos ouvintes, na maioria das vezes, querem aprender com os meninos, tentam aprender Libras, gostam de fazer trabalho em grupo com eles", conta Vitória.

Dia Nacional do Surdo

Patricia Radaelli, acompanha os acadêmicos surdos da Instituição e reforça a importância da data. "Gostaríamos de parabenizar os nossos alunos surdos, que estão buscando a sua formação, com o desenvolvimento de habilidades e competências para a sua atuação no mercado de trabalho. Vale ressaltar a importância dos nossos intérpretes de Libras, que os acompanham durante esse processo. A comunicação desempenha um papel central na vida de todos os seres humanos e, para as pessoas surdas, a Língua Brasileira de Sinais é a sua primeira língua e uma forma vital de expressão e interação", comenta.

1719005199.jpg
Vestibular Agendado está no ar
21
Junho
2024 Cascavel
1719003290.jpg
Acadêmicos do 1º período de Ciências Biológicas realizam avaliação prática de Educação Ambiental
21
Junho
2024 Cascavel
1718998214.jpeg
Fonoaudiólogos concluem especialização em Audiologia Clínica
21
Junho
2024 Cascavel
1718990756.jpeg
Projeto da Enfermagem FAG conquista 3º lugar no Prêmio ABEn-PR de Atividades de Extensão Universitária
21
Junho
2024 Cascavel
1718924047.jpeg
Alunos ganham troféu “galinho de ouro” pelo primeiro lugar no PP Mix
20
Junho
2024 Toledo
1718921734.jpeg
FAG Toledo: Alunos e professores apresentam projetos em evento de inovação
20
Junho
2024 Toledo
1718921781.jpg
Parceria entre Centro FAG e Unioeste traz série de capacitações em IA para coordenadores, gestores e servidores
20
Junho
2024 Cascavel
1718919047.jpeg
Alunos da FAG Toledo realizam orientações para noivos do casamento coletivo cidadão
20
Junho
2024 Toledo
1718915756.jpg
NRI FAG e IBS Américas disponibilizam bolsas parciais de estudos em Londres
20
Junho
2024 Cascavel
1718904225.jpg
COOPEX abre inscrições para Projeto de Bolsas de Iniciação Científica
20
Junho
2024 Cascavel
1718835524.JPG
FAG divulga resultado do Vestibular de Inverno
19
Junho
2024 Cascavel
1718745119.jpeg
Atlética de Medicina VIII de Abril é vice-campeã dos Jogos Intermed-PR
18
Junho
2024 Cascavel