Promover ensino de qualidade em um ambiente de excelência em que todos queiram pertencer; despertar a chama da inovação e inspirar os acadêmicos para que sejam profissionais éticos e empreendedores, capazes de realizar sonhos e transformar a sociedade.
As atividades acadêmicas da Faculdade Dom Bosco tiveram início em janeiro de 1999 com os cursos de Pedagogia Plena, (com as habilitações em Magistério do Ensino Fundamental, Séries Iniciais, Educação Infantil e Educação Especial) e Educação Física (Licenciatura Plena).

Pouco mais de um ano após o início das atividades (março de 2000), uma nova diretoria assume as atividades da mantenedora.

Durante o ano de 2000, surge o curso de Administração com Habilitação em Marketing que foi autorizado pela Portaria nº 868, de 23 de junho de 2000 publicado no Diário Oficial da União (D.O.U.) em sua edição do dia 27 de junho.

Em março de 2002 o Centro de Ensino Superior Cascavel - CESP, mantenedora da Faculdade Dom Bosco, e consequentemente sua mantida, foi adquirido pelo empresário cascavelense Assis Gurgacz.

A sede da Faculdade Dom Bosco foi transferida, ainda em 2002, para o campus da Fundação Assis Gurgacz. Projetado dentro dos mais modernos conceitos de arquitetura e urbanismo e com preocupações ambientais e ecológicas, o campus foi projetado para abrigar 20 mil acadêmicos, 2.500 professores e 1.500 funcionários, contribuindo para que a cidade de Cascavel se destaque no cenário da educação no ensino superior nacional.

Em julho de 2004, foi autorizado pelo MEC o funcionamento de dois novos cursos, o Curso Superior de Tecnologia em Marketing e o Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet. Desta forma, a Faculdade Dom Bosco passa a ofertar cursos superiores de tecnologia.

Para atender a demanda cada vez maior do mercado de trabalho, e a exigência de qualificação profissional, a Faculdade Dom Bosco resolveu inovar criando outros novos cursos de tecnologia para suprir a necessidade de mão de obra especializada.

Em 2006, mais dois novos cursos foram autorizados pelo MEC, Curso Superior de Tecnologia em Transporte Aéreo e Gestão Ambiental. Já em 2007, foram criados os Cursos Superiores de Tecnologia em Gestão Pública e Gestão de Recursos Humanos.

Os Cursos Superiores de Tecnologia em Gestão Financeira, Tecnologia em Design de Interiores, Tecnologia em Estética e Cosmética e Tecnologia em Gestão Hospitalar foram autorizados pelo MEC em 2008 e vieram para atender as necessidades profissionais do mercado de Cascavel e região.

Buscando sempre ampliar novos conhecimentos, a Faculdade Dom Bosco implanta mais um curso de Tecnologia em Alimentos autorizado pelo MEC em 2010.
A Faculdade Dom Bosco desenvolve suas atividades no campus da Fundação da Assis Gurgacz, em regime de comodato desde 2002 quando se deu sua incorporação.
A Diretoria e a Secretária Acadêmica da Faculdade Dom Bosco estão localizadas no primeiro piso do prédio da Reitoria. A Biblioteca, Tesouraria, Ouvidoria, RH e demais setores de apoio administrativo e pedagógico, estão localizados no mesmo prédio, com exceção do protocolo que atende no Bloco I.

A maioria das atividades acadêmicas da Faculdade Dom Bosco são realizadas no Bloco IV, onde estão distribuídas as salas de aula, laboratórios de informática, sala de professores e coordenações dos cursos. Contudo, outros espaços são pontualmente utilizados para atender necessidades específicas como o caso do Curso de Tecnologia em Design de Interiores, que desenvolve parte de suas atividades no Bloco das Engenharias. O Curso de Tecnologia em Estética e Cosmética por sua vez, desenvolvem atividades nos laboratórios do Bloco I e na Clínica de Reabilitação.
O Centro de Ensino Superior – CESP é a entidade mantenedora da Faculdade Dom Bosco e tem como compromisso social, oferecer serviços educacionais de qualidade para uma formação integral.

A Faculdade Dom Bosco entende que a educação integral é aquela capaz de formar profissionais competentes e éticos, preparados para atender as exigências de um mercado competitivo e, ao mesmo tempo, cientes de sua cidadania e de sua responsabilidade na construção de uma sociedade mais justa e equilibrada.