X
USUÁRIO

SENHA

AGUARDE


Primeiro Acesso ao Sagres?
Clique aqui.


Cascavel - 08 de Março de 2019 - 00:07
Egressa desenvolve pesquisa na área de Entomologia Agrícola e Controle Biológico
A pesquisa faz parte do Mestrado em Conservação e Manejo de Recursos Naturais da egressa do curso de Ciências Biológicas, Jaqueline Suelen Loeblein

A egressa do curso de Ciências Biológicas do Centro Universitário FAG, Jaqueline Suelen Loeblein, está desenvolvendo sua pesquisa na área de Entomologia Agrícola e Controle Biológico que faz arte do Mestrado do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Conservação e Manejo de Recursos Naturais - Nível Mestrado (PPRN) da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE). "A linha de pesquisa em que desenvolvo meu projeto chama-se Biologia Aplicada e Indicadores de Qualidade no Ambiente Terrestre e desenvolvo meu trabalho no laboratório de Biotecnologia Agrícola sob orientação do Dr. Luis Francisco Angeli Alves", explica Jaqueline.

O interesse pela pesquisa surgiu ainda na graduação. "Sendo filha de agricultores logo me interessei, e mesmo sendo licenciada desenvolvi meu trabalho de conclusão de curso nesta área. A rotina envolve coletas semanais de insetos em campo, triagem do material, manutenção dos insetos e o desenvolvimento de bioensaios: o que exige minha presença praticamente todos os dias no laboratório, além de conciliar a parte prática da pesquisa com as disciplinas. A experiência que tive durante a graduação foi excelente e por isso não tive problemas para me integrar a rotina de mestranda, mesmo cursando a pós-graduação em uma instituição diferente da que me formei", declara.  

Jaqueline relata que essas áreas de pesquisa proporcionam conhecer as principais pragas do setor agrícola da região, e tem por objetivo desenvolver métodos de controle alternativo para estas pragas, visando diminuir o uso de agroquímicos no setor e desta forma conservar o ambiente sempre que possível. "Minha pesquisa trabalha com o controle alternativo de um inseto praga da erva-mate (Ilex paraguariensis) popularmente conhecido como ampola da erva-mate (Gyropsylla spegazziniana), que causa danos as brotações da planta reduzindo a produtividade e qualidade do produto final", conta.

"A Jaqueline sempre foi uma aluna destaque, muito aplicada, dedicada, foi até laureada. Então vê-la entrar no mestrado e desenvolver um projeto tão interessante como esse é muito gratificante para todo o corpo docente do curso de Ciências Biológicas do Centro FAG", aponta o coordenador do curso, Juliano Karvat.




 
 



ESPALHE ESSA NOTÍCIA




Avenida das Torres, 500 | Bairro FAG | Cascavel | Paraná | Phone +55 (45) 3321-3900 | CEP 85806-095
Copyright FAG | Desenvolvido por House FAG