Centro Universitário FAG

Endoscopia Digestiva Alta: Saiba mais sobre o procedimento

O paciente tem o direito de tirar todas as dúvidas com o endoscopista e com o anestesista

05/07/2019


Mesmo sabendo que a Endoscopia é um procedimento seguro, feito por tantas pessoas, todos os dias, algumas pessoas ainda têm dúvidas e inseguranças, tanto pelo processo de "engolir" uma microcâmera, quanto pela sedação. Deste modo, entender por que e como ela é feita, ajuda a tranquilizar o paciente.

A endoscopia digestiva alta (feita por via oral) é um exame preventivo e seguro, na qual é possível diagnosticar inúmeras doenças do aparelho digestivo. O exame permite visualizar o esôfago, o estômago e o duodeno, identificando lesões que, podem ser tratadas e/ou removidas no momento do exame, em alguns casos.

A preparação para a endoscopia consiste em fazer uma dieta leve na véspera, sem comer alimentos de difícil digestão. O jejum necessário para o exame normalmente é de oito horas. Isso porquê o estomago precisa estar completamente vazio para perfeita visualização dos órgãos.

O paciente tem o direito de tirar todas as dúvidas com o endoscopista e com o anestesista. Do mesmo modo, tem o dever de responder com muita precisão aos questionamentos que antecedem o exame (tempo de jejum, medicamentos de uso constante, alergias, problemas de saúde, etc..).

Após responder o questionário, o paciente é conduzido a sedação e, somente então, o médico introduz o endoscópio (tubo flexível bem fino, com luz e microcâmera na ponta) pela boca, fazendo o percurso até o duodeno. Tudo é observado em tempo real pelo monitor de vídeo. O procedimento é rápido, geralmente, de 10 a 15 minutos, quando é uma endoscopia diagnóstica. Caso seja uma endoscopia terapêutica, que requer algum tratamento, pode ter uma duração maior. Posteriormente a realização do exame, recomenda-se repouso por cerca de 30 minutos, até que o paciente se recupere da sedação. O paciente recebe um lanche leve e deve seguir para casa sempre acompanhando, sem dirigir. Embora sejam raros, e houverem sintomas como como mal-estar, febre, vômito ou dores abdominais, por exemplo, a orientação é procurar atendimento médico.

A Unidade de Endoscopia da Fundação Hospitalar São Lucas de Cascavel está apta para realizar procedimentos Diagnósticos e Terapêuticos do trato gastrointestinal e respiratório com setor amplo, equipamentos de última geração e corpo clínico Reconhecido e Qualificado.

Para mais informações, entre em contato com a Unidade de Endoscopia FHSL através do telefone: 45 3309.2424

1563219728.jpg
Vestibular Agendado: Psicologia, uma profissão com múltiplas atuações
15
Julho
2019 Cascavel
1563218174.jpg
Minicurso de Perícia para Seguro Agrícola é ofertado pelo NAP
15
Julho
2019 Cascavel
1563216920.jpg
Biológicas: Projeto Agenda 21 na Comunidade leva conhecimentos de educação ambiental à população
15
Julho
2019 Cascavel
1563212534.JPG
Com analogia entre futebol e gestão de empresas, professor Everton Roman lança novo livro
15
Julho
2019 Cascavel
1563208092.jpeg
III COMUOPAR Internacional abordará os desafios da Medicina de Emergência no Brasil
15
Julho
2019 Cascavel
1562963580.JPG
Paciente das Clínicas FAG conquista quatro ouros nos PARAJAPS
12
Julho
2019 Cascavel
1562959387.jpg
Acadêmica de Medicina Veterinária aproveita férias para aprendizado sobre camarões na UFPR
12
Julho
2019 Cascavel
1562958089.jpg
Alunos da Pós em Design de Interiores realizam intervenções em atelier
12
Julho
2019 Cascavel
1562950373.jpg
Professoras e alunos de Arquitetura prestigiam lançamento de marca de mobiliário
12
Julho
2019 Cascavel
1562949805.jpg
Hortitec: Professora de Agronomia participa de maior evento de horticultura da América do Sul
12
Julho
2019 Cascavel
1562948864.JPG
Intestino como Maestro Metabólico: NAP traz Murilo Pereira para curso na FAG
12
Julho
2019 Cascavel
1454434995.jpg
Centro Universitário FAG funciona em horário diferenciado
08
Julho
2019 Cascavel