Centro Universitário FAG

FAG Pesquisa: estudo do curso de Direito fala sobre a possibilidade de proteção de relações poliamorosas

Poliamor é um vínculo jurídico familiar entre três ou mais pessoas, que se unem pela afetividade, solidariedade e relacionamentos conjugais íntimos

27/02/2019


O surgimento de novos formatos de família chamou a atenção da formanda de Direito do Centro Universitário FAG, Tátila Lima. Essa inquietude foi o ponto de partida para seu Trabalho de Conclusão de Curso, que teve como orientadora a professora, Viviana Bianconi. A estudante escreveu o trabalho "Poliamor, Família Tradicional e o Direito", para constatar a possibilidade da proteção de uniões não monogâmicas.

A partir de pesquisas doutrinárias, pesquisas na legislação do país, na internet e em artigos jurídicos ela buscou focar no Poliamor, vínculo jurídico familiar entre três ou mais pessoas, que se unem pela afetividade, solidariedade e relacionamentos conjugais íntimos, sendo, em regra, envolvidos apenas os integrantes daquele grupo, sem pessoas aleatórias. "A monogamia é a base do Direito de Família, que impõe à pessoa a condição de ter apenas um cônjuge, sendo considerada, por muitos, uma regra de proibição para se contrair novo casamento o fato de o indivíduo já estar casado. É de suma importância o estudo das relações não monogâmicas à luz da Constituição da República Federativa do Brasil e do Código Civil, a fim de compreender o que as caracteriza como novas famílias, discorrer sobre os porquês das divergências de opiniões acerca do tema, e quais as proteções que essas uniões devem receber do Estado", descreve Tátila.

Segundo a autora, "o poliamor trata-se de uma realidade existente na sociedade atual e que cada vez mais ganha novos adeptos. E, com isso, a possibilidade da regulamentação desse grupo como família  passa a ser discutida com fundamento na regulamentação dos novos formatos de família permitidos pela legislação", esclarece.

O trabalho conta com tópicos como monogamia, casamento e princípios constitucionais. A partir da análise do posicionamento dos estudiosos acerca do tema, a conclusão foi de que a legislação vigente e a forma como ela é aplicada pelos operadores do Direito e interpretada pelos tribunais, possibilitam o reconhecimento do poliamor como entidade familiar e, portanto, digna de proteção estatal e da titularidade de direitos, como qualquer outra família reconhecida. "Acredito ser bastante relevante uma pesquisa acerca do tema para o Direito já demonstra a necessidade de acompanhar a evolução da sociedade. A família é considerada base da nossa sociedade sendo para o Direito de grande importância o estudo de sua evolução", destaca.

O estudo foi bem avaliado pela banca e representou um arremate precioso na trajetória de Tátila na graduação. "O estudo me agregou conhecimento histórico da evolução da família enquanto formato e conceito até atualidade, permitindo assim, como futura profissional da área, um  conhecimento sedimentado em uma base sólida com relação às novas entidades de família existentes e ainda as que possam surgir.  O aprendizado obtido no trabalho trará reflexos positivos na atuação profissional diante dos novos núcleos familiares", encerra.


1600372086.JPG
Fazenda Escola: colheita do trigo Atobá rende 4 mil quilos por hectare
17
Setembro
2020 Cascavel
1600367489.jpeg
Alunos de Farmácia manipulam fitoterápico de guaco
17
Setembro
2020 Cascavel
1600367327.jpg
Acadêmicos de Letras Português e Libras da FAG Toledo iniciam estágio final do curso
17
Setembro
2020 Toledo
1600365295.jpeg
FAG Toledo: Semana Jurídica contará com seis palestrantes convidados
17
Setembro
2020 Toledo
1600290651.jpeg
Ideias para Transformar: Contábeis e Engenharia de Software desenvolvem projetos de startups
16
Setembro
2020 Cascavel
1600289991.jpeg
Saúde Estética realiza práticas de Laser e Métodos Avaliativos
16
Setembro
2020 Cascavel
1600284201.jpeg
PenalCAST é a nova sensação do curso de Direito
16
Setembro
2020 Cascavel
1600282707.jpeg
Interiores lança Roda Viva Design
16
Setembro
2020 Cascavel
WhatsApp Image 2020-09-15 at 15.07.22.jpeg
Agro FAG lança o Webnario, reinvenção do Dia de Campo em tempos de pandemia
15
Setembro
2020 Cascavel
1600191089.jpeg
Setembro Amarelo: Palestras buscam debater e informar sobre a prevenção do suicídio
15
Setembro
2020 Cascavel
1600190217.jpeg
Docentes de Fisioterapia estão entre os melhores autores de congresso internacional
15
Setembro
2020 Cascavel
1600122950.jpeg
Embrapa Soja realiza transferência de isolados de fungos para o Centro FAG
14
Setembro
2020 Cascavel