X
USUÁRIO

SENHA

AGUARDE


Primeiro Acesso ao Sagres?
Clique aqui.


Cascavel - 13 de Abril de 2018 - 20:51
Centro FAG recebe autoridades em inauguração do posto avançado do CEJUSC
O Núcleo de Prática Jurídica do Centro FAG passa, a partir de hoje (13), a ser um posto avançado do Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania da Comarca de Cascavel

Foi realizada nesta manhã (13), no Auditório do Bloco IV, a inauguração do Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania da Comarca de Cascavel (CEJUSC), com posto avançado no Núcleo de Prática Jurídica do Centro FAG. O evento reuniu autoridades, professores e acadêmicos.

A mesa de honra foi composta pelo Pró-Reitor Acadêmico, Afonso Cavalheiro Neto; pela coordenadora do curso de Direito, campus Cascavel, Viviana Bianconi; pelo Juiz Titular da Vara da Infância e Juventude da Comarca, Fabrício Priotto Mussi; pela Promotora de Justiça, Drª Larissa Haick Vitorassi Batistin; pelo Vice-Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil - Subseção Cascavel, André Vinicius Beck Lima; pela coordenadora do Núcleo de Prática Jurídica FAG, Patrícia Liliana Schoroeder Takaqui; e pela Servidora do Posto Avançado do CEJUSC, Marisa Kremer.

O Tribunal de Justiça do Estado, por meio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos, firmou convênio com a Instituição para que sessões dialogadas de conciliação de conflitos pré-processuais sejam realizadas por meio do Núcleo de Práticas Jurídicas da FAG. "Nosso Núcleo recebe acadêmicos do 7º ao 10º períodos. O setor vai tentar resolver os conflitos das pessoas que nos procuram sem a intervenção judicial, por meio da conciliação desses alunos que foram treinados e capacitados para ocupar o lugar dentro do CEJUSC", explica a coordenadora, Viviana Bianconi.

Segundo o Juiz Titular da Vara da Infância e Juventude da Comarca, Fabrício Priotto Mussi, essa nova política de solução de conflitos precisa ser praticada e virar um hábito. "A partir do momento que eu permito que as pessoas mudem a sua forma de pensar, isso acabada de um certo modo, reverberando ao redor dessas pessoas na sociedade. Diante de um posto avançado, funcionando dentro da Universidade, eu permito que os alunos, profissionais do amanhã, possam sair da faculdade testando e solucionando a nova forma de resolver conflitos. É importante para os acadêmicos e para a academia", descreve.

A servidora e coordenadora do CEJUSC, Marisa Kremer, reforça dizendo que as atividades realizadas não se restringem somente ao curso de Direito. "Outros cursos podem ser alcançados, como, por exemplo, Psicologia, pois o Centro busca interdisciplinaridade para que os conciliadores e acadêmicos que se dispõem a estarem lá também possam ter esse contato com as pessoas. Então não há uma limitação e um requisito específico do curso de Direito, mas, como tem os Núcleos isso seria um trabalho aliado", esclarece.

SOBRE O CEJUSC

O CEJUSC entrou em funcionamento em Cascavel em novembro de 2016 como forma de fomento às práticas autocompositivas. Nele são desenvolvidos trabalhos correlatos à política de autocomposição, com especial ênfase na solução de conflitos por meio da conciliação (na maioria dos casos) e da mediação (em hipóteses menos frequentes). Além disso, atua na orientação e promoção de direitos dos cidadãos (política judiciária de cidadania).



 
 



ESPALHE ESSA NOTÍCIA




Avenida das Torres, 500 | Loteamento FAG | Cascavel | Paraná | Phone +55 (45) 3321-3900 | CEP 85806-095
Copyright FAG | Desenvolvido por House FAG